Literatudo: Atividades de incentivo à leitura da Biblioteca Pública Municipal Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva



Yüklə 18.51 Kb.
tarix07.12.2017
ölçüsü18.51 Kb.

LITERATUDO: Atividades de incentivo à leitura da Biblioteca Pública Municipal Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva - Nova Petrópolis “Cidade Leitora” - RS
No ano em que a Biblioteca Pública completa 20 anos de atuação, reuniu-se nesse relato de experiências as atividades desenvolvidas e ainda em andamento na Biblioteca Pública de Nova Petrópolis “Cidade Leitora". O trabalho contempla atividades culturais cujo foco é o fortalecimento do gosto pela leitura. Toda a programação desenvolvida vem ao encontro e é voltada especificamente para que sirva de exemplo de que as políticas de acesso à leitura são valorizadas e proporcionadas durante todo ano nesta Biblioteca.

Nova Petrópolis tem uma grande preocupação em formar leitores, fomentar o gosto pela leitura, ampliar a visão de mundo de uma comunidade que já possui toda uma caminhada de valorização cultural frente às suas tradições germânicas. Durante todo o ano são realizadas diversas ações com o objetivo de atrair cada vez mais a comunidade para eventos que tenham como base a leitura.


Atividades da Biblioteca Pública Municipal

Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva em 2014
20 anos da Biblioteca

O aniversário da Biblioteca, celebrado no dia 27 de fevereiro, teve como principal atração a exposição de maquetes da biblioteca, cartazes sobre a biblioteca e de obras literárias da Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva. A exposição aconteceu de 27 de fevereiro até o dia 06 de março e pode ser conferida das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h30min. No sábado, o horário é das 8h30min às 11h30min. Para essa atividade os alunos desenvolveram a capacidade de leitura, compreensão e pesquisa. A exposição recebeu aproximadamente 200 visitantes.


Dia Municipal de Incentivo à Leitura e de seus Mediadores

Todo dia é dia de ler, mas 12 de março é uma data em que esse ato ganha ainda mais destaque em Nova Petrópolis, já que foi instituído como o Dia Municipal de Incentivo à Leitura e seus Mediadores. Das 8h às 16h, um público de aproximadamente 150 pessoas, entre estudantes e visitantes, foi contemplado com as atividades culturais organizadas pela Biblioteca Pública Municipal Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva na Rua Coberta. Além das atividades na Praça das Flores, das quais participaram turmas de todas as escolas da rede municipal de ensino de Nova Petrópolis e também nas escolas foram promovidos momentos de leitura, cada uma com seus critérios. Com o intuito de facilitar o acesso ao universo literário, à equipe da biblioteca realizou oficina de criação e contação de histórias, disponibilizou também o Baú da Leitura. Além disso, diversos personagens de histórias infantis e desenhos distribuíram marcadores de páginas pelo centro da cidade e empresas.


Caminhando com a Leitura

O Parque Aldeia do Imigrante de Nova Petrópolis foi o cenário para a primeira edição do Caminhando com Leitura na tarde de domingo, 30 de março. A iniciativa, que uniu literatura e lazer, foi organizada pela Biblioteca Pública de Nova Petrópolis, com o apoio do Departamento Municipal de Cultura. O Caminhando com Leitura conduziu cerca de 40 participantes, entre crianças e adultos, a um passeio inspirado na obra "Os Deliciosos Biscoitos de Oma Guerta", da escritora caxiense Maristela Deves, que participou da atividade, acompanhada da ilustradora do livro, Karin Basso. Os caminhantes percorreram o Parque do Imigrante nos quais iam encontrando personagens do livro, até formarem uma verdadeira caravana cultural. Ao chegar à Aldeia Histórica, os participantes encontraram a própria personagem Oma Guerta, que ofereceu seus deliciosos biscoitos e contou a história do livro e depois puderam retirar livros do Baú da Leitura e levaram os mesmos para casa.



Semana do Livro

Durante 9ª Semana do Livro, de 18 a 25 de abril, as turmas de 6ª séries e/ou 7° ano das escolas do município participam de atividades de 50 minutos conforme cronograma e agendamento prévio com as escolas e o setor de transporte da prefeitura. Foi apresentado o conceito do "Bardo", uma espécie de contador de histórias da época medieval, para 230 alunos das instituições de ensino municipal, estadual e particulares. Além disso, os estudantes foram apresentados a alguns instrumentos musicais utilizados pelos bardos, além de ouvirem um conto da obra “Os Contos de Beedle, o Bardo” da autora J. K. Rowling. Os estudantes também produziram um acróstico utilizando as letras iniciais da palavra “Bardo”.


9ª "Doe um livro adote uma planta"

De 2 a 7 de junho, no espírito da Semana do Meio Ambiente, a biblioteca realizou a 9ª semana do “Doe um livro, adote uma planta”, com o objetivo de unir cultura e meio ambiente. A proposta é bastante simples: quem doar um livro para a biblioteca recebe uma planta em troca. A ação acontece na Semana do Meio Ambiente. Foram distribuídas 70 mudas e recebidos 120 livros.


2ª Exposição de trabalhos escolares - “Olhares sobre os 190 anos de imigração alemã”

As escolas municipais Augusto Guilherme Gaedicke, Otto Hoffmann, Luiz Loeser, Bom Pastor, Pedro Beck Fº reuniram, de 1º a 31 de agosto, até trinta (30) trabalhos realizados em suas escolas por seus professores e alunos. Maquetes, fotos, desenhos, esculturas, mapas, poemas, entre outros trabalhos relacionados ao tema “Olhares sobre os 190 anos de imigração alemã” que foram expostos na biblioteca durante o mês de agosto.


15ª Literatura Comentada

No dia 26 de setembro, durante a 20ª Feira do Livro de Nova Petrópolis, a biblioteca realizou a 15ª Literatura Comentada, com a participação dos autores: Antonio Schimeneck, Christian David, Susi Heckmann, Eduardo Bueno e Osvaldoo Ribeiro. E, os autores de Nova Petrópolis: Vitor e Ilse Gans, Cristina Magalhães e José Luiz Cegoni, com a participação especial das autoridades mirins, vencedores do Concurso Prefeito por um dia 2013. Nesse momento autores no palco apresentam as suas obras literárias e interagem com o público em geral e entre eles, mediados pela Bibliotecária e pelo Diretor Cultural do município.


5ª Olimpíada de Literatura Infantil

No mês de outubro comemora-se: o dia da criança (12), dia do professor (15) e dia nacional do livro (29), por esses motivos a Biblioteca Pública Municipal Prof.ª Elsa Hofstätter da Silva promoveu, dos dia 06 a 24 de outubro a 5ª Olimpíada da Literatura Infantil e 2ª Olimpíada da Literatura Especial. A metodologia de trabalho da olimpíada foi através de teatro de fantoches da história “A cigarra e a formiga” aos alunos da Educação infantil (4 a 6 anos). A moral dessa história é que todas as ações geram consequências.  Enquanto a cigarra se divertia, a formiguinha só trabalhava. Mas, no fim, o esforço da formiga é compensado pela fartura e a cigarra, que não se preparou, ficou sem ter o que comer. Durante a abertura das atividades, foi apresentado um vídeo educativo sobre cuidados que devemos ter com o acervo de uma biblioteca. No vídeo “Os Backyardigans” brincam de biblioteca e saem numa cruzada para se certificar que todos devolvem os livros que lhes foram emprestados. Logo depois, participaram das adivinhações de histórias dos Clássicos da Literatura infantil através de imagens. As 444 crianças e os 32 alunos da APAE foram premiadas com medalhas douradas que continham a imagem da cigarra e da formiga.


Sarau das Artes (1º ao 7º Sarau das Artes)

No ano de 2014 organizou-se um calendário para o Sarau das Artes, que aconteceram sempre no segundo sábado de cada mês com início em junho estendendo-se até o mês de dezembro, marcado para o dia 13 de dezembro. A metodologia do sarau é leitura de textos e poesias e apresentação de música no piano da biblioteca. Conforme o tema do sarau são feitas atividades orientadas, até então foram contempladas: confecção de um cata-vento, bolas de sabão, origami, contação de histórias, pintura em tecido, ... O público dessa atividade que acontece sábado pela manhã é em torno de 10 a 15 pessoas. Já passaram pelo sarau cerca de 70 pessoas.


Considerações

Nova Petrópolis nomeou-se “Cidade Leitora”, a partir de vários Projetos desenvolvidos há alguns anos, através da Biblioteca Pública e escolas do município. Pensando que ações de incentivo à leitura devem atingir a comunidade e o público em geral, decidiu-se fazer algo que pudesse dar acessibilidade a toda a comunidade leitora ou não. Reuniu-se a equipe da Biblioteca Municipal Professora Elsa Hofstätter da Silva para pensar em práticas que fortalecessem o título, a prática, e efetivasse o nome “Cidade Leitora” com foco de atingir o maior número de pessoas possíveis.

Analisando todas as atividades e colocando em números o público atingido (mais de 900 pessoas) percebeu-se que foi de grande valia o empenho na realização destas atividades, tendo, inclusive aumentado o número de leitores cadastrados na biblioteca. Observou-se um número expressivo de novos cadastros de leitores com o depoimento de que o fizeram a partir do contato com os eventos de leitura da biblioteca.

Dostları ilə paylaş:


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©muhaz.org 2017
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə