Português 9º ano



Yüklə 2.86 Mb.
səhifə1/61
tarix07.08.2018
ölçüsü2.86 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   61

Página 1

Laura de Figueiredo
Bacharel em Letras pela Universidade de São Paulo (USP).
Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade
Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora em programas de formação continuada em diversas redes estaduais e municipais de ensino. Autora de materiais didáticos.

Marisa Balthasar
Doutora em Letras (área de concentração: Teoria Literária e Literatura Comparada)
pela Universidade de São Paulo (USP). Professora em programas de formação continuada em diversas redes estaduais e municipais de ensino. Professora na rede pública por 14 anos.
Professora em escolas particulares do ensino superior. Autora de materiais didáticos.

Shirley Goulart
Licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas Rui Barbosa, com curso de Especialização em Literatura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).
Professora em programas de formação continuada em diversas redes estaduais e municipais de ensino.
Professora na rede pública por 15 anos. Professora em escolas particulares do ensino superior.
Autora de materiais didáticos.

Singular & Plural

Leitura, produção e estudos de linguagem

ano

Componente curricular: LÍNGUA PORTUGUESA

MANUAL DO PROFESSOR

2ª edição

São Paulo, 2015

Logotipo Moderna



Página 2

Coordenação editorial: Mônica Franco Jacintho, Regiane de Cássia Thahira

Edição de texto: Regiane de Cássia Thahira, Pedro Paulo da Silva, Debora Silvestre Messias Alves, Átila Morand, Camila Ribeiro, Daniela Cristina Calvino Pinheiro, José Paulo Brait, Mônica Franco Jacintho, Thelma de Carvalho Guimarães

Assistência editorial: Anabel Ly Maduar, Átila Morand, Pedro Paulo Silva

Preparação de texto: Anabel Ly Maduar, Márcia Camargo, Solange Scattolini

Gerência de design e produção gráfica: Sandra Botelho de Carvalho Homma

Coordenação de design e produção gráfica: Everson de Paula

Suporte administrativo editorial: Maria de Lourdes Rodrigues (coord.)

Coordenação de design e projeto gráfico: Marta Cerqueira Leite

Projeto gráfico: Everson de Paula, Mariza de Souza Porto

Capa: Everson de Paula
Foto: Diana Ong. Too many crowds © Diana Ong/Superstock/Getty Images – Coleção Particular

Coordenação de arte: Patricia Costa, Wilson Gazzoni Agostinho

Edição de arte: Rodolpho de Souza, Ricardo Postacchini

Editoração eletrônica: Arbore Comunicação Empresarial & Design

Ilustrações de vinhetas: Orlandeli

Coordenação de revisão: Adriana Bairrada

Revisão: Ana Maria C. Tavares, Cecília Setsuko Oku, Fernanda Marcelino

Coordenação de pesquisa iconográfica: Luciano Baneza Gabarron

Pesquisa iconográfica: Mariana Veloso Lima, Lourdes Guimarães

Coordenação de bureau: Américo Jesus

Tratamento de imagens: Bureau São Paulo, Fabio N. Precendo, Rodrigo Fragoso, Rubens M. Rodrigues

Pré-impressão: Alexandre Petreca, Everton L. de Oliveira Silva, Hélio P. de Souza Filho, Marcio H. Kamoto

Coordenação de produção industrial: Viviane Pavani

Impressão e acabamento:

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Figueiredo, Laura de
Singular & plural : leitura, produção e estudos de linguagem / Laura de Figueiredo, Marisa Balthasar, Shirley Goulart. – 2. ed. – São Paulo : Moderna, 2015.
Bibliografia.
1. Leitura (Ensino fundamental) 2. Português - Gramática 3. Português - Redação (Ensino fundamental) I. Balthasar, Marisa. II. Goulart, Shirley. III. Título.
15-01396 CDD-372.61

Índices para catálogo sistemático:
1. Gramática : Português : Ensino fundamental 372.61
2. Português : Gramática : Ensino fundamental 372.61

Todos os direitos reservados



EDITORA MODERNA LTDA.
Rua Padre Adelino, 758 - Belenzinho
São Paulo - SP - Brasil - CEP 03303-904
Vendas e Atendimento: Tel. (0_ _11) 2602-5510
Fax (0_ _11) 2790-1501
www.moderna.com.br

2015


Impresso no Brasil

1 3 5 7 9 10 8 6 4 2



Página 3

APRESENTAÇÃO

Entregamos a você esta obra!

Pensamos nela assim, como está, esperando que você aprenda mais, principalmente, a perguntar, pesquisar, discutir, compartilhar e conhecer.

No Caderno de Leitura e produção, destacamos o trabalho com a leitura e a produção de textos – orais e escritos – bem diversos, dos quais você precisa na sua vida pessoal, na sua vida escolar e, além delas, na sua vida em sociedade. Este caderno será o “lugar” de falar de você, de você e o outro e de você e o mundo! O lugar de lidar com diferentes linguagens e tecnologias, diferentes conhecimentos e pontos de vista sobre as coisas do mundo.

No Caderno de Práticas de literatura, você vai vivenciar um dos lados mais criativos da língua (Se é que há algum lado dela que não seja criativo)! Por meio dos textos literários e dos diálogos com outras linguagens, como a do cinema, da pintura, da escultura e tantas outras, vai poder descobrir a delícia que pode ser ler “textos que não servem para nada!”.

E, enfim, no não menos importante Caderno de Estudos de língua e linguagem, você vai poder refletir sobre o que é, afinal, essa nossa língua portuguesa, que são tantas em uma só! Com tudo o que já sabe sobre essa língua que você fala e escreve, vai se surpreender com o que ainda há para saber sobre seus usos.

Uma advertência: não espere encontrar, nestes três cadernos, os conhecimentos da língua só em “caixinhas”. Apesar de termos organizado os saberes da disciplina em três cadernos diferentes, em todos você vai encontrar um pouquinho de cada um deles. Isso porque os conhecimentos e os usos da língua são muitos, mas a língua em que são escritos todos os textos escolhidos para os cadernos é a língua portuguesa!

Então, é isso! Bem-vindo a bordo desta “viagem” pelos cantos e recantos da nossa língua!



Página 4

ESTRUTURA DA OBRA

Página 5

Página 6

ESTRUTURA DA OBRA

Página 7

Página 8

SUMÁRIO

CADERNO DE LEITURA E PRODUÇÃO

UNIDADE 1 Mudança e transformação, 14

Capítulo 1 • Assumindo responsabilidades: sexualidade e gravidez na adolescência 16
Leitura: Adolescentes engravidam para segurar os parceiros 17
Meninas mães 21
Produção: artigo de opinião 23
Conhecendo o gênero: artigo de opinião 23
Atividade 1: o contexto de produção 23
Atividade 2: opinião # argumento 25
Atividade 3: tipos de argumento 29
Produzindo o texto: artigo de opinião 30
Roda de leitura: poemas 32
I. MATÉRIA DE POESIA, de Manoel de Barros 32

Capítulo 2 • Assumindo responsabilidades: o sonho e a realidade 35
Leitura: E agora, filha?, de Isabel Vieira 36
Mães adolescentes assumem o filho, mas perdem a vida social 40
Produção: artigo de opinião 43
Conhecendo mais o gênero: artigo de opinião 43
Atividade 1: vozes em conflito e vozes que concordam 43
Atividade 2: o movimento argumentativo (sustentação, refutação, negociação) 45
Atividade 3: a estrutura do artigo de opinião 48
Atividade 4: os organizadores textuais 50
Produzindo o texto: artigo de opinião 54
Roda de leitura: poema 56
A pulga, de John Donne 56

UNIDADE 2 Diversidade cultural, 58

Capítulo 1 • Um mundo de credos, valores e costumes 60
Leitura: Inclassificáveis, de Arnaldo Antunes 61
Leitura: Pluralidade cultural, de Maurício Érnica 63
Produção: apresentação oral 70
Conhecendo o gênero: resumos de leituras para estudo visando à apresentação oral 70
Atividade 1: resumindo textos – apagando e generalizando informações 70
Atividade 2: sintetizando informações 71
Atividade 3: selecionando e resumindo informações, de acordo com o enfoque dado ao assunto pesquisado 73
Produzindo o texto: a pesquisa e o resumo para a preparação da apresentação oral 75

Página 9

Roda de leitura: Rap – Rhythm and poetry (Ritmo e poesia) 77
Racismo é burrice
, de Gabriel O Pensador 78

Capítulo 2 • ... e eu no mundo? 82
Leitura: Programa de índio, de Antônio Prata 83
Leitura: O que é etnocentrismo?, de Everaldo Rocha 84
Produção: apresentação oral 94
Conhecendo mais o gênero: apresentação oral 94
Atividade 1: analisando esquemas como material de apoio para a apresentação oral 94
Atividade 2: analisando duas apresentações orais 96
Produzindo o texto: a apresentação oral 100
Roda de leitura: Rap – as vozes de hoje 104
Pretin, de Flora Matos 104

UNIDADE 3 Não é brincadeira: o problema do trabalho infantil, 106

Leitura: OIT alerta sobre o risco de trabalho infantil perigoso não ser erradicado no mundo 108
Reportagem sobre trabalho infantil, da TV Justiça 112
Produção: reportagem audiovisual 115
Por trás da reportagem audiovisual... Quem decide e quem faz o quê? ...115
Atividade 1: o papel do pauteiro 115
Atividade 2: o papel do repórter na entrevista 117
Atividade 3: o papel do repórter e da equipe de filmagem na produção das imagens 118
Atividade 4: os papéis do repórter e do editor no roteiro de edição 120
Produzindo o texto: reportagem audiovisual 122
Roda de leitura: Mitos: a beleza e a força de narrativas através dos tempos 126
Geometria de Ícaro, de Solange Firmino 127
Voar... voar, de Alaíde Lisboa de Oliveira 127

CADERNO DE PRÁTICAS DE LITERATURA

UNIDADE 1 Entre leitores e leituras: práticas de literatura, 132

Capítulo 1 • Pode se chocar e se emocionar, porque as tragédias foram feitas para provocar isso mesmo! 135
Pesquisa e ação: planejando as ações 136
Medeia, de Eurípedes 137
Leitura: Ama, de Eurípedes 137
A tragédia em outro tempo e espaço: o mito de Medeia ganha vida em uma vila operária do Rio de Janeiro, nos anos 1970 139

Página 10

Leitura: Gota d’água, de Chico Buarque e Paulo Pontes 141
A morte de um rei, o aparecimento de um fantasma e um príncipe em busca da verdade... uma tragédia de William Shakespeare 147
Leitura: Hamlet – o príncipe da Dinamarca, de William Shakespeare 148

Capítulo 2 • Ridendo Castigat Mores ou Rind☺, Castigam-se os C☺stumes Vici☺s☺s 154
Mulheres e política em uma comédia grega 155
Leitura: Lisístrata ou A greve do sexo, de Aristófanes 156
Gil Vicente e a peça que ousou mandar tipos para o inferno!. 160
Leitura: Auto da barca do Inferno, de Gil Vicente 161
Auto da Compadecida: um acerto de contas com o diabo 168
Leitura: As proezas de João Grilo 169
De como Malazarte cozinha sem fogo 170
Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna 171

CADERNO DE ESTUDOS DE LÍNGUA E LINGUAGEM

UNIDADE 1 Língua e linguagem, 182

Capítulo 1 • Formação e significação de palavras na nossa língua 184
Língua e palavra 184
Palavra e significação 185
O conjunto de palavras da língua portuguesa: o nosso léxico 186
Os empréstimos (estrangeirismos) 187
Neologismos – os novos significados e as novas palavras 188
Processos de formação de palavras 190
Derivação e composição 190
Tipos de derivação 191
Tipos de composição 195
Outros processos 197
Onomatopeias 197
Redução 198

Capítulo 2 • Usos expressivos da língua: figuras fônicas 204
Aliteração, assonância, paronomásia 204
A aliteração e seus efeitos de sentido 205
A assonância e seus efeitos de sentido 206
A paronomásia e seus efeitos de sentido 207

Página 11

UNIDADE 2 Língua e gramática normativa, 214

Capítulo 1 • Período composto por subordinação 216

Capítulo 2 • Orações subordinadas substantivas 220
Orações subordinadas substantivas subjetivas 221
Orações subordinadas substantivas objetivas diretas 222
Orações subordinadas substantivas objetivas indiretas 223
Orações subordinadas substantivas predicativas 224
Orações subordinadas substantivas apositivas 225
Orações subordinadas substantivas completivas nominais 227
Orações subordinadas substantivas reduzidas 229

Capítulo 3 • Orações subordinadas adjetivas 233
Orações subordinadas adjetivas 233
Orações adjetivas explicativas e restritivas 234
Orações adjetivas reduzidas 235

Capítulo 4 • Orações subordinadas adverbiais 239
Orações subordinadas adverbiais 239
Oração subordinada adverbial condicional 240
Oração subordinada adverbial proporcional 241
Oração subordinada adverbial comparativa 242
Oração subordinada adverbial temporal 243
Oração subordinada adverbial consecutiva 244
Oração subordinada adverbial concessiva 245
Oração subordinada adverbial causal 246
Oração subordinada adverbial final 247
Oração subordinada adverbial conformativa 248
Orações subordinadas adverbiais reduzidas 249

UNIDADE 3 Ortografia e pontuação, 254

Capítulo 1 • Ortografia 255
Palavras parônimas e homônimas 255
Pesquisa e ação 258
Palavras de origem estrangeira: x/ j/ ç 262
Grafia das palavras: quando usar -são ou -ção? 265

Capítulo 2 • Acentuação das palavras — retomada das regras de acentuação de hiatos e de ditongos 268

Capítulo 3 • Pontuação — ponto e vírgula e travessão 271

Anexos, 278
Página 12

Caderno de Leitura e produção

Apresentação

Um caderno de textos para seu dia a dia

Você já reparou que, em nosso dia a dia, estamos o tempo todo em contato com a linguagem? Desde o primeiro “bom-dia” que falamos, passando pelos rótulos de produtos, sinais de trânsito, notícias de jornal, propagandas, até textos, vídeos, músicas da internet, etc. Ou seja, uma infinidade de palavras, sons, imagens dos quais não nos desligamos nem quando sonhamos. Com a linguagem nos expressamos, nos conhecemos, interagimos com os outros e com o mundo.

Nas três unidades deste caderno, você vai entrar em contato com várias dessas linguagens para tratar de assuntos que dizem respeito a você, adolescente que vive conflitos e alegrias, bem como à sua relação com as pessoas mais próximas e com todo o planeta.

Neste caderno, você vai ler e produzir textos que o ajudarão a se conhecer melhor, a expressar seus sentimentos, seus conhecimentos e suas opiniões. Textos que serão importantes para sua vida dentro e fora da escola.

Pronto para isso?
Página 13

Unidade 1
Mudança e transformação
• Capítulo 1:
Assumindo responsabilidades: sexualidade e gravidez na adolescência
• Capítulo 2: Assumindo responsabilidades: o sonho e a realidade

Unidade 2
Diversidade cultural
• Capítulo 1:
Um mundo de credos, valores e costumes...
• Capítulo 2: ... e eu no mundo?

Unidade 3
Não é brincadeira: o problema do trabalho infantil
Página 14

UNIDADE 1 - Mudança e transformação

Observe esta imagem.


Página 15

Converse com a turma

1. O que essa imagem mostra?

2. Como as mulheres engravidam?

3. A mulher pode engravidar em qualquer idade? E na sua idade, é possível uma garota engravidar?

4. Se um casal tem relações sexuais, é possível evitar a gravidez? Como?

5. Quais são as responsabilidades de quem tem um filho?

Vamos pensar

• Por que tantas adolescentes engravidam?

• Quais são as consequências de uma gravidez na adolescência?

• Como me posiciono a respeito desse assunto?



O que vamos fazer nesta unidade

Nesta unidade, vamos refletir sobre a questão da gravidez na adolescência. Vamos também praticar um pouco nossa capacidade de argumentação, escrevendo um artigo de opinião sobre esse assunto.


Página 16

Capítulo 1 - Assumindo responsabilidades: sexualidade e gravidez na adolescência

Observe as imagens.



Converse com a turma

1. Na imagem da esquerda, o que a mãe tem nas mãos? E na imagem ao lado, o que a garota está segurando? O que esses objetos podem representar?

2. Já imaginou você ou sua namorada passando pelas situações representadas nas imagens? Como reagiriam?

3. Como você imagina que sua família e amigos reagiriam?

O que vamos fazer neste capítulo

Neste capítulo, vamos começar a discutir o tema gravidez na adolescência. Para isso, leremos dois textos jornalísticos que tratam da questão.

Vamos também conhecer um gênero perfeito para quem gosta de uma boa polêmica: o artigo de opinião. É nesse gênero que você, ao fim do capítulo, vai escrever o que pensa sobre o tema da unidade.
Página 17

Leitura

Converse com a turma

Muitos acreditam que a gravidez na adolescência acontece por falta de informação dos jovens sobre o uso de anticoncepcionais e sobre sexo. A reportagem a seguir aponta pelo menos outros quatro motivos que levam as adolescentes a engravidar.

• Na sua opinião, que motivos seriam esses?

• Na sua opinião, que tipo de ações o governo, as escolas e os pais deveriam tomar para evitar a gravidez na adolescência?

Leia a reportagem e veja o que se diz sobre esses assuntos.

Texto 1

Adolescentes engravidam para segurar os parceiros

“Muitas adolescentes ficam grávidas porque querem segurar o parceiro ao seu lado. Ao contrário do que as pessoas pensam, apenas uma pequena fração engravida por acidente.” A afirmação é da pediatra e coordenadora do Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde, Edith Di Giorgi. [...]

Edith acredita que, na adolescência, as jovens não possuem a bagagem necessária para criar uma criança. “Quando a gravidez ocorre nesse momento, a adolescente tem de aprender a cuidar de um bebê em um período em que ela mesma ainda precisa de cuidados.”

A pediatra explica que no programa pré-natal da rede pública são feitas entrevistas com as adolescentes grávidas. “Invariavelmente, descobrimos que o motivo que levou à gravidez está ligado à falta de perspectiva, sensação de invisibilidade perante os familiares ou mesmo como uma tentativa de fuga de uma vida difícil.”

Muitas garotas, segundo Edith, enxergam na construção de sua própria família — com a criança e o parceiro — a chance de deixar para trás as dificuldades na relação com os pais. “Elas idealizam o filho como uma boneca. Na verdade, com as crianças vêm as responsabilidades que não haviam sido previstas pelas jovens.” [...]


Página 18

Meta é fazer jovem ter projeto de vida

Edith Di Giorgi afirma que a Secretaria Municipal de Saúde está colocando em prática junto às escolas da rede pública abordagens que motivem os adolescentes a refletirem sobre as mudanças resultantes de uma gravidez na adolescência. “Não adianta fazermos campanhas autoritárias e moralistas. Temos de fazer o jovem pensar sobre o que quer para si. A intenção é incentivá-lo a fazer projetos para sua vida.”

Edith acredita que a chance de crianças planejadas serem amadas por seus pais são muito maiores. “Os jovens querem estudar, se formar, ter um bom emprego e uma vida confortável. Queremos que eles entendam que, na vida real, uma gravidez é um projeto que deve ser pensado cuidadosamente.”

Território jovem

No Jardim Ipiranga já está funcionando o primeiro consultório ginecológico voltado para adolescentes fora dos centros de saúde de Sorocaba. Edith explica que a ideia surgiu de uma necessidade. “Percebemos que muitas adolescentes não se consultavam nos centros de saúde porque não queriam que seus pais ou conhecidos soubessem que elas têm vida sexual ativa.”

Com o novo consultório, dezenas de adolescentes têm procurado semanalmente informações sobre métodos anticoncepcionais.

Disponível em:



Dostları ilə paylaş:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   61


Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©muhaz.org 2017
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə