Igor moreira



Yüklə 2,26 Mb.
səhifə1/66
tarix03.01.2019
ölçüsü2,26 Mb.
#89047
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   66


1

Geografia

Geografia

VOLUME 1 | ENSINO MÉDIO



IGOR MOREIRA

Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor no núcleo de


pós-graduação da Faculdade Porto-Alegrense (Fapa-RS).

1a edição


Curitiba, 2016

1

Geografia

Geografia

VOLUME 1 | ENSINO MÉDIO



IGOR MOREIRA

Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor no núcleo de


pós-graduação da Faculdade Porto-Alegrense (Fapa-RS).

Manual do
Professor

1a edição


Curitiba, 2016

Vivá Geografia - Volume 1

© 2016 - Igor Moreira
Direitos de publicação

© 2016 Editora Positivo Ltda.


Direção de programas de Márcia Takeuchi
governo e governança editorial

Gerência editorial Sandra Cristina Fernandez

Supervisão editorial Cláudia Carvalho Neves



Coordenação editorial e edição Jaqueline Paiva Cesar

Edição Flávia Garcia Penna

Elaboração de conteúdo Angélica Campos Nakamura, Elizabeth Auricchio, Ivana Pansera

Leitura crítica Nádia Gilma Beserra de Lima

Autoria Igor Moreira. Reformulação dos originais de Igor Moreira e Elizabeth Auricchio

Assistência editorial Emilia Yamada, Karina Miquelini



Revisão Kátia Scaff Marques (superv.), Maya Indra Souarthes Oliveira, Edilene Rodrigues

Supervisão de arte Juliano de Arruda Fernandes

Edição de arte Alexandre Francisco da Silva Pereira, Juliana Medeiros de Albuquerque

Capa Megalodesign

Projeto gráfico Pedro Gentile com ilustrações de Daniel Cabral

Editoração eletrônica Muiraquitã Editoração Gráfica

Supervisão de iconografia Janine Perucci

Iconografia Tassiane Tokarski, Jéssica Miara

Produção gráfica Danilo Marques da Silva

Dados Internacionais para Catalogação na Publicação (CIP)


(Maria Teresa A. Gonzati / CRB 9-1584 / Curitiba, PR, Brasil)

«M838 Moreira, Igor.

Vivá : geografia : volume 1 : ensino médio / Igor Moreira – Curitiba : Positivo, 2016.

: il. (Coleção Vivá)

1. Geografia. 2. Ensino médio – Currículos. I. Título.

CDD 373.33

»

ISBN 978-85-467-0710-2 (Livro do estudante)



ISBN 978-85-467-0711-9 (Manual do professor)

1ª edição

2016

Todos os direitos reservados à



Editora Positivo Ltda.

R. Major Heitor Guimarães, 174

80440-120 – Curitiba – PR

Fale com a gente: 0800 723 6868



Site: www.editorapositivo.com.br
Impressão e acabamento:

Gráfica Posigraf S.A.

R. Senador Accioly Filho, 500

81310-000 – Curitiba – PR



E-mail: posigraf@positivo.com.br


Apresentação

Caro estudante,

Vivemos num mundo cada vez mais complexo em todas as áreas: Relações Internacionais, Ciência, Tecnologia, Economia. Hoje, um acontecimento particular se inscreve numa teia de relações de alcance globalizado. Estamos na era do conhecimento, usado de modo intensivo em todas as esferas sociais, seja na escola, seja no trabalho, seja na convivência cotidiana.

Como decifrar uma atualidade tão múltipla e em constante transformação? Como saber o que é mundo e como ele funciona? Como formar alunos-cidadãos conscientes, capazes de atuar no presente e construir o futuro?

O objetivo desta coleção é contribuir com referências essenciais para que você possa ampliar seus conhecimentos, de modo que compreenda as transformações do espaço geográfico como produto das relações socioeconômicas, culturais e de poder.

Este primeiro volume aborda os fenômenos e processos responsáveis pela formação e transformação do espaço de vida dos seres humanos. Trata-se de uma proposta de Geografia Geral em que se desenvolvem conceitos como espaço geográfico, sociedade e natureza. Aborda a escala geológica, que diz respeito às transformações da Terra; a dinâmica dos fenômenos físicos, com ênfase na discussão sobre os impactos causados pelas sociedades e as possíveis soluções; as atividades econômicas e a transformação do espaço. Além disso, o livro apresenta elementos de cartografia como mais uma linguagem para ajudá-lo a compreender o mundo em que vivemos.

O autor

Conheça seu livro

Abertura de unidade

Apresenta uma imagem ampla, relacionada com os assuntos que serão estudados na unidade. Contém um texto introdutório e algumas questões para você refletir.

Abertura de capítulo

Os capítulos começam com uma imagem e um texto introdutório sobre os principais assuntos que serão abordados.

Ampliando o conhecimento

Apresenta infográficos que ampliam alguns temas relacionados aos conteúdos estudados ao longo dos capítulos.

Pensando bem

Propõe atividades para você checar o que aprendeu, retomar os conteúdos estudados e aprofundar seus conhecimentos.

Conexões


Possibilita o aprofundamento de seus conhecimentos por meio de textos relacionados aos temas estudados no capítulo.

Para saber mais

Oferece informações complementares e interessantes sobre um conteúdo estudado no capítulo.

Para ler, pesquisar e assistir

Apresenta sugestões de livros, sites e filmes sobre os assuntos estudados.

Glossário

Apresenta o significado de palavras e expressões de difícil compreensão.

Texto & contexto

Traz questões para serem respondidas no caderno. Elas incentivam a interpretação de textos, fotografias, mapas, tabelas e gráficos.

Desafios & debates

Contém atividades diferenciadas para pesquisa, reflexão e debate sobre um tema.

Projeto


No final do volume, há um projeto que valoriza práticas de pesquisa associadas ao conhecimento geográfico e suas relações com outras áreas do saber.

Índice remissivo

No final do volume, você encontra uma relação de conceitos, categorias e termos importantes para a Geografia e as respectivas páginas em que as ocorrências são mais significativas.

Ícone

Interdisciplinaridade

Indica atividades e propostas interdisciplinares, para que você possa estudá-las de modo integrado com as demais áreas.
Sumário

Unidade

1

Espaço e sociedade

Unidade

2

Natureza e espaço
geográfico

CAPÍTULO 1

Sociedade, natureza e trabalho 10

A relação sociedade-natureza 11

As transformações técnicas e científicas 12

Concepção de natureza 14

A divisão do trabalho 16

Conexões 19

Pensando bem 20

Desafios & debates 22

CAPÍTULO 2

O espaço geográfico 24

Sociedade e trabalho 25

Espaço e poder 28

O espaço atual: um meio técnico-científico-
-informacional
30

Conexões 31

Pensando bem 32

Desafios & debates 34

CAPÍTULO 3

Espaço e conhecimento

cartográfico 36



A linguagem dos mapas 37

A representação da Terra 38

Cartografia e visões de mundo 43

Tipos de mapa 45

Escalas cartográficas 45

Símbolos e convenções cartográficas 47

Cartografia temática 48

Posição e orientação 49

Coordenadas geográficas 51

Sistema de fusos horários 54

A Cartografia em um mundo digitalizado 57

Conexões 61

Pensando bem 62

Desafios & debates 64

CAPÍTULO 4

Terra, tempo e
transformações 68

Big-bang: a teoria da grande explosão 69

Teoria da Acreção 69

Em busca de respostas: o estudo da Terra 70

Marcos da história da Terra 70

Descobrindo as camadas da Terra 72

Sociedade, natureza e recursos 77

Teoria da Deriva Continental 80

Quebra-cabeça planetário: as placas tectônicas 81

Conexões 83

Pensando bem 84

Desafios & debates 86

CAPÍTULO 5

A dinâmica da
crosta terrestre 87

O deslocamento das placas 88

Os limites entre as placas 89

A crosta terrestre: grandes estruturas 94

Processos esculpidores do relevo terrestre 97

Solo: fonte de vida 103

A sociedade transforma o relevo 106

Classificação das formas de relevo 107

Conexões 109

Pensando bem 110

Desafios & debates 112

CAPÍTULO 6

Atmosfera e clima 114

Tempo e clima na Terra 115

A atmosfera 116

Água na atmosfera 122

Pressão atmosférica 124

A movimentação do ar 125

Dinâmica das massas de ar 127

Correntes oceânicas e climas 129

Climas da Terra 131

Climas do passado 134

Conexões 135

Pensando bem 136

Desafios & debates 138
© Wikimedia Commons/Ghedoghedo

Getty Images/Perspectives



Unidade

As atividades
econômicas


e a transformação
do espaço


4

CAPÍTULO 7

Biomas e paisagens vegetais 139

Bioma e ecossistema: há diferenças? 140

As paisagens vegetais 142

Processos e causas do desmatamento 148

Ampliando o conhecimento – Desmatamento
no mundo
150

Mudanças globais na vegetação 152

Conexões 155

Pensando bem 156

Desafios & debates 158

CAPÍTULO 11

Agropecuária, natureza
e tecnologia 212

Plantar e colher: os primórdios 213

Um período de mudanças 214

Agropecuária no mundo atual 216

Agronegócio 224

Organismos transgênicos 226

Agricultura orgânica 229

Alterações climáticas e agropecuária 231

Conexões 233

Pensando bem 234

Desafios & debates 236

CAPÍTULO 12

Indústria e produção do espaço
geográfico 237

Evolução da indústria 238

Indústria e cidades 239

Tipos de indústria 239

Classificação da indústria 240

Formas de organização do trabalho 241

A indústria no mundo 244

A nova divisão internacional do trabalho 252

Conexões 253

Pensando bem 254

Desafios & debates 256

CAPÍTULO 13

Comércio e serviços na
economia global 257

Importância do setor terciário 258

Economia global e comércio 260

Fluxos comerciais no mundo 262

Comércio internacional: algumas tendências 265

Circulação de capitais 270

Conexões 273

Pensando bem 274

Desafios & debates 276

Projeto: Pegada ecológica 277

Índice remissivo 282

Referências bibliográficas 285

Unidade

3

Impactos
ambientais

CAPÍTULO 8

Impactos ambientais
e globalização 162

Cadê o ozônio? 163

Virando deserto 165

Perigo! Lixo radioativo 166

A água no planeta 168

Ampliando o conhecimento – Água 170

Conexões 175

Pensando bem 176

Desafios & debates 178

CAPÍTULO 9

Mudanças climáticas 179

Causas naturais da mudança climática 180

Refugiados do clima 185

Conexões 189

Pensando bem 190

Desafios & debates 192

CAPÍTULO 10

Problemas ambientais
urbanos e rurais 193

Desigualdades no campo e na cidade 194

Impactos ambientais urbanos 195

Impactos ambientais no campo 202

Conexões 205

Pensando bem 206

Desafios & debates 208

©iStockphoto.com/AYOTOGRAPHY

1

Espaço e sociedade



A partir do momento em que o ser humano começou a modificar a natureza, o planeta Terra deixou de ter apenas paisagens naturais para se transformar em espaço geográfico: um espaço humanizado, construído por meio do trabalho.

À medida que mudam os instrumentos de trabalho, a sociedade também se modifica: surgem novas formas de pensar, de morar, de se relacionar, entre outras.

Por isso, ao olhar uma paisagem, é importante refletir sobre o modo como vive a sociedade que a construiu e discutir as novas formas de organização social que surgem com o avanço tecnológico. Esse é o desafio da primeira unidade deste livro.

Um primeiro olhar

Uma região produtora de algodão, de café ou de trigo. [...] Um centro urbano de negócios e as diferentes periferias urbanas. Tudo isso são paisagens, formas mais ou menos duráveis. O seu traço comum é ser a combinação de objetos naturais e de objetos fabricados, isto é, objetos sociais, e ser o resultado da acumulação da atividade de muitas gerações.

SANTOS, Milton. Pensando o espaço do homem. 5. ed. São Paulo: Edusp, 2007. p. 53.

IMAGEM EM BAIXA

Vista parcial de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em 2012.

Vista parcial de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em 2012.

Como e por que a ação humana transforma as paisagens?

No lugar onde você vive, houve algum tipo de transformação na paisagem? Em caso afirmativo, cite um exemplo.

Em sua opinião, como será , daqui a 20 anos, a paisagem do lugar onde você vive?

Cite um exemplo de como o trabalho pode transformar a paisagem.

De que modo o texto de Milton Santos está relacionado à imagem acima?

Em sua opinião, por que a paisagem é “o resultado da acumulação da atividade de muitas gerações”?

1

Sociedade, natureza


e trabalho

©Google earth/Image ©2015 DigitalGlobe/Data SIO, NOAA, U.S. Navy, NGA, GEBCO



Imagem de satélite do arquipélago artificial The World, com cerca de 300 ilhas organizadas à semelhança do mapa-múndi, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, 2015.

A natureza é um patrimônio comum da humanidade, pois é fonte de vida para todos os seres humanos. Mas, dependendo da sociedade, a natureza e o próprio trabalho podem ser encarados de maneiras absolutamente diversas.

Os grupos humanos, assim como todos os animais, agem sobre a natureza para obter alimento, abrigo e proteção, satisfazendo suas necessidades. No entanto, há uma grande diferença entre a ação do ser humano e a dos demais animais. Estes têm apenas necessidades básicas, que permanecem sempre as mesmas, e já nascem intuindo o modo de agir. Os grupos humanos, ao contrário, por terem razão (ou inteligência avançada), refletem sobre sua ação, planejam, inventam, preveem resultados e, com isso, criam conhecimento e desenvolvem cultura.

Nessa medida, as necessidades humanas aumentam, diversificam-se e variam no tempo e no espaço, bem como a maneira de satisfazê-las. Daí a diversidade de formas nas paisagens.
A relação sociedade-natureza

Nos primórdios da humanidade, a natureza era pouco modificada pelos grupos humanos, pois eles viviam da coleta, da caça e da pesca. Muito dependentes das condições naturais, andavam de um lugar para outro à procura de meios para sua sobrevivência.

Atualmente, a natureza tem sido cada vez mais modificada. Os seres humanos derrubam florestas e semeiam lavouras, removem morros e abrem túneis, aterram enseadas e constroem cidades, entre outras ações.

A ação humana exige um saber cada vez maior sobre a natureza, tanto com relação aos elementos que a constituem quanto aos mecanismos do seu funcionamento. Daí o avanço do conhecimento, que alimenta a ideia de domínio da sociedade sobre a natureza.

Hoje em dia, essa ideia parece estar consagrada por muitas pessoas, pois ainda predomina uma concepção de mundo na qual ser humano e natureza estão desvinculados um do outro, absolutamente separados e contrapostos: o ser humano, dotado de inteligência, é capaz de dominar a natureza para dela retirar tudo de que necessita. Por sua vez, como simples fonte de recursos, a natureza oferece todos os elementos necessários à sobrevivência do ser humano – os chamados recursos naturais.

Vista dessa maneira, a relação do ser humano com a natureza é sempre mediada pelo trabalho, entendido como a atividade de transformar os elementos naturais em bens capazes de satisfazer as necessidades humanas. Um exemplo dessa transformação pode ser observado nas fotos a seguir. Nesse sentido, qualquer ação dos seres humanos é um trabalho, seja o simples gesto de colher um fruto, seja a complexa operação de montar um computador, cujas peças são feitas com material extraído da natureza. Assim concebido, o trabalho define-se como o “fazer produtivo.

O que é natureza?

Marcos Bernardino de Carvalho. São Paulo: Brasiliense, 1999.

O livro aborda as relações, ao longo da História, entre os seres humanos e deles com o meio ambiente.

Recurso natural: elemento da natureza aproveitado pelas sociedades para suprir suas necessidades em determinado tempo e espaço. Pode ser de dois tipos: renovável (que se multiplica por si ou não se esgota facilmente) ou não renovável (que se esgota depois de aproveitado pelo ser humano).

Getty Images/Bloomberg/Simon Dawson

Trabalhadoras em fábrica de computadores em Pencoed, País de Gales, 2013.

Glowimages/AFP

Colheita manual de caju em Kapa, perto de Farim, Guiné Bissau, 2012.

As transformações técnicas e científicas

As intervenções na natureza e as consequentes modificações nela introduzidas pelas sociedades dependem das técnicas. Por sua vez, a técnica, isto é, o modo de fazer algo, envolve os instrumentos de trabalho a serem usados na ação. Instrumentos simples, como o machado e o arado, propiciam alterações modestas na natureza. Já instrumentos aperfeiçoados, como a motosserra e o trator, provocam alterações mais expressivas.

Movida por interesse ou por alguma necessidade, a sociedade pode conceber novas técnicas e construir outros instrumentos para aumentar o rendimento de seu trabalho.

O fim da Idade Média foi um tempo de importantes progressos e descobertas. Muitas das invenções desse período continuam presentes nos dias atuais, como os óculos e o botão. Nessa época, na Europa, diante da necessidade de aumentar a produtividade e das constantes crises advindas da falta de alimentos, foram promovidas importantes inovações técnicas: a adoção de novo mecanismo de tracionar o arado, a prática da rotação trienal de cultivos e a difusão do moinho de água, conhecido desde


a Antiguidade.
Ciência Hoje



Yüklə 2,26 Mb.

Dostları ilə paylaş:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   66




Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©muhaz.org 2022
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə