Material válido para as Turmas ct1P36 / ct2P36 / ad1Q36 Conteúdo do Disciplina Online



Yüklə 117,65 Kb.
səhifə1/7
tarix29.11.2017
ölçüsü117,65 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7


Material válido para as Turmas CT1P36 / CT2P36 / AD1Q36

Conteúdo do Disciplina Online



Sumário


1Ciência da comunicação e do controle. Norbert Wiener – 1978 2

1.1Cibernética 2

2Sistemas de informações 6

3Software ou sistemas de informação aplicativos 9

3.1SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA AS ÁREAS DE VENDAS E MARKETING 10

4Sistemas Aplicativos para MANUFATURA e PRODUÇÃO 12

4.1Software ou Sistemas de informação Aplicativos Empresariais 13

5ERP – ENTERPRISE RESOURCE PLANNING 14

6CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT 16

7EIS – EXECUTIVE INFORMATION SYSTEM 17

8Conceito e aplicação nas organizações de Data Warehouse. 19

9Conceito e aplicação nas organizações de Data Mining 20

10QUESTÕES ENVOLVENDO A SEGURANÇA DAS INFORMAÇÕES 21

10.1QUESTÕES ÉTICAS QUE ENVOLVEM O USO DAS TECNOLOGIAS DAS INFORMAÇÕES 23

11A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO FATOR CRÍTICO DE SUCESSO 24



1Ciência da comunicação e do controle. Norbert Wiener – 1978

1.1Cibernética


É uma teoria dos sistemas de controle baseado na comunicação entre sistema e o meio. E dentro do sistema e do controle da função dos sistemas com respeito ao ambiente. A cibernética permite que o cérebro humano seja substituído pelo computador em muitas atividades.

Sistema – É um conjunto de partes ou módulos, os quais formam um todo com objetivo comum. É um conjunto de elementos que estão dinamicamente relacionados e esse dinamismo sugere a possibilidade de evolução. Exemplos:



  • Respiratório (ser vivo – complexo e aberto)

  • Circulatório (ser vivo – complexo e fechado)

  • Veículo (equipamento complexo e aberto)

  • Restaurante (atividade empresarial aberto simples)

  • Departamento (subsistema fechado de uma empresa)

Sistema é formado por um conjunto de parâmetros que obviamente interage com o Ambiente aberto ou fechado:

  • Entrada (elementos internos ou externos)

  • Processamento (transformação)

  • Saída (elementos internos ou externos)

  • Realimentação (ajuda ou permite alcançar o objetivo). Essas são as fases do sistema durante seu ciclo de vida.

Ludwig Von Bertalanfy, um biólogo, criou uma teoria interdisciplinar denominada Teoria Geral dos Sistemas, isto é, uma teoria válida para todos os sistemas.

Todos os computadores são sistemas de componentes para entrada, processamento, saída, armazenamento e controle de dados. Deve-se considerar a transformação dos dados desde a sua entrada, saída e armazenamento fornecidas pelos dispositivos periféricos integrantes dos modernos sistemas de computadores. O diagrama da página 23 do Livro SI de James O'Brien é uma ilustração dos componentes básicos de um Sistema de Informação Gerencial. A sua aplicação é amplamente utilizada para a tomada de decisão visto ser um processo mais difícil quando se utiliza-lo no planejamento e controle das diversas áreas organizacionais.

Os dispositivos de entrada são periféricos ou acessórios responsáveis pela entrada de dados o equipamento. Os dispositivos de saída são os periféricos ou acessórios responsáveis pela saída de resultados; são muito utilizados para consulta de informações e emissão de relatórios para estudo. Já os dispositivos de comunicação são os periféricos ou acessórios responsáveis pela interligação de computadores, servidores e estações de trabalho no mesmo prédio ou não. Também são acessórios que permitem a troca de dados por meio do sistema de trabalho existente na Internet.

A mesclagem dos sistemas de telecomunicações com os sistemas de computação criou a área denominada telemática, responsável pelo grande avanço tecnológico e científico de nossa atualidade. Isto deu origem a convergência que é a tendência de união de tecnologias de informação em um único aparelho: celular, notebook, redes sem fio, Internet.

Primariamente é preciso entender que a informação é um dos recursos mais importantes e valiosos de uma organização. Porém, deve-se distingui-la de outro conceito que tende a igualá-la, o “dado”. O dado é simplesmente um fato, uma característica de um produto, pessoa ou evento apresentado na sua forma bruta. Já a informação é formada por dados organizados e elaborados sobre determinado assunto e que é essencial na tomada de decisão para a solução de problemas ou atingimento das metas e objetivos.

Sistema: adota-se o conceito genérico de sistema como sendo um conjunto de partes ou elementos interligados com o fim de atingir um objetivo comum. Todo sistema é composto de entradas, formas de processamento, saídas e retroalimentação ou feedback.

Os sistemas de informação computadorizados são recursos essenciais quando criados para atender às necessidades de quem as utiliza regularmente. A tecnologia de informação pode propiciar toda a informação que uma empresa necessita para atuação eficiente em qualquer área ou ramo de negócio. Ela é tão importante que pode ser considerada um fator crítico de sucesso por criar, manter ou fortalecer a vantagem competitiva de uma empresa.

Qualquer sistema de informação computacional depende de recursos humanos (usuários/clientes finais e profissionais em sistemas de informação), hardware (equipamentos, máquinas e mídia), software (programas e procedimentos), dados (dados e bases de conhecimento), e redes (meios de comunicações entre os equipamentos computacionais) para realizar entradas, processamento, saída, armazenamento, e atividades de controle que convertem os recursos de dados em de informação.

Os sistemas podem ser classificados a partir de certas características:


  • Simples: Algumas partes e componentes se relacionam ou se interagem de forma simples e direta.

  • Complexos: Possuem muitos componentes que se relacionam ou se interagem de forma interdependente.

  • Abertos: há total interação com o seu ambiente.

  • Fechados: não há nenhuma interação com o seu ambiente.

  • Estáveis: não sofrem grandes alterações durante a sua existência ou utilização.

  • Dinâmicos: sofrem várias alterações durante a sua existência ou utilização.

  • Adaptáveis: são flexíveis e passíveis de alteração conforme as mudanças no ambiente.

  • Não-Adaptáveis: são inflexíveis e não passíveis de alteração, independentemente das mudanças no ambiente.

  • Permanentes: possuem características que permitem a sua existência prolongada.

  • Temporários: devido às características tem a sua existência reduzida.

  • Assim, definem-se sistemas de Informação computadorizados como um conjunto organizado de recursos que envolvem peopleware, hardware, software, redes de computadores e telecomunicações, coleta, transformação e disseminação das informações na organização e que apresenta uma ou mais das características descritas anteriormente.

  • Hardware é todo equipamento que compõe o ambiente computadorizado necessário para a entrada, processamento, saída e armazenamento dos dados.

  • Software é todo programa que o computador necessita para executar suas funções básicas e aplicativos específicos que são utilizados pelas organizações.

  • Redes de computadores são formadas por hardware, software e conexões físicas e/ou sem fio (wireless) com o objetivo de compartilhar e otimizar os recursos computacionais.

  • Telecomunicações são os meios que permitem as transmissões eletrônicas dos dados que são utilizados pelos sistemas computadorizados.

  • TI – Tecnologia da Informação é o conjunto de recursos computacionais e que faz uso das telecomunicações para obtenção, processamento e transmissão das informações.

  • Peopleware são pessoas que utilizam direta ou indiretamente a tecnologia da informação e os sistemas de informação para exercer o seu trabalho ou para obtenção das informações. É a parte humana que utiliza as diversas funcionalidades dos sistemas computacionais profissionalmente ou simplesmente como cliente.

O processamento da informação consiste em entrada, processamento, saída, armazenamento, e atividades de controle - feedback.

Recursos de dados sofrem uma transformação pelas atividades de processamento/tratamento gerando uma multiplicidade de produtos de informação para os usuários finais utilizarem-nas em rotinas ou tomadas de decisões complexas.

Os sistemas de informação podem ser classificados pelo tipo de apoio e recursos que oferecem a uma organização.

SPT – Sistemas de Processamento de Transações: são sistemas que dão apoio às operações: são sistemas gerados pelas, e utilizados nas operações empresariais. Eles produzem grande variedade de informações para uso interno e externo. Os sistemas de apoio às operações enfatizam a produção de informações específicas que possam ser mais bem utilizados pelos funcionários que executam diretamente o trabalho fim da empresa: produzir, estocar, vender, pagar, entregar, contabilizar etc. O papel do sistema de apoio às operações de uma empresa é permitir:

1. Processar as transações eficientemente

2. Controlar os processos industriais e/ou de serviços

3. Apoiar as comunicações e a colaboração dos funcionários da empresa

4. Criar, manter e atualizar bancos de dados da empresa.

SAG – Sistemas de Apoio Gerencial que auxiliam os gerentes na tomada de decisões. Propiciar informação e suporte para a tomada de decisão de todos os tipos de gerentes e profissionais de negócios é uma tarefa complexa que exige informações confiáveis. Em termos conceituais, vários tipos principais de sistemas de informação apoiam uma série de responsabilidades da tomada de decisão. São eles:

SIG – Sistemas de informação gerencial – fornecem informação na forma de relatórios e demonstrativos para os gerentes e muitos profissionais de empresas.

SAD – Sistemas de apoio à decisão – dão apoio por computador diretamente aos gerentes durante o processo de tomada de decisão.

SIE/EIS – Sistemas de informação executiva – oferecem informações essenciais a partir de uma ampla variedade de fontes internas e externas, que apresenta as informações em demonstrativos e gráficos para executivos e gerentes.

SE – Sistemas especialistas: sistemas baseados em informações acumuladas que geram o conhecimento necessário para a orientação especializada e agem como consultores especialistas para os usuários. Exemplos: análise de risco de crédito e investimento; comparativo entre produtos concorrentes.

SC – Sistemas colaborativos: são baseados no conhecimento e apoiam a criação, organização e disseminação de conhecimento dos negócios aos funcionários e gerentes de toda a empresa. Exemplos: o acesso à intranet para melhores práticas de negócios, estratégias de propostas de vendas e sistemas de resolução de problemas do cliente.

O Conceito de Cadeia de Valor desenvolvido por Michael Porter (1991) entende uma empresa como uma série de atividades básicas (a cadeia) que adiciona valor a seus produtos e serviços, os quais contêm uma margem para a empresa e seus clientes reconhecem seu diferencial (valor). No conceito de cadeia de valor, algumas atividades de negócios são processos primários (área fim da empresa), enquanto outros, processos de apoio (área meio da empresa). Para cada atividade, o papel dos sistemas de informação estratégica ou SIS (Strategic Information Systems) pode favorecer significativamente a contribuição do processo à cadeia de valor:

Processos de Apoio. As atividades de apoio criam a infraestrutura necessária que propicia direção e apoio para o trabalho especializado de atividades primárias.

Serviços Administrativos. O papel-chave do SIS aqui é nos sistemas automatizados de escritório que criam a colaboração ou troca eficaz das informações.

Administração de Recursos Humanos. Papel do SIS: Bancos de dados das habilidades dos funcionários de carreira e terceirizados.



  • Desenvolvimento de Tecnologia. Papel do SIS:Projeto-assistido-por-Computador (CAD e CAM) - Simula as condições de fabricação, ou seja, as ferramentas usadas no desenho são as mesmas disponíveis no chão de fábrica (estes são geralmente chamados programas CAM).

  • Compra de Recursos (Material de consumo ou spare parts). Papel do SIS: Intercâmbio eletrônico para troca de dados com fornecedores para gestão de estoque via Intranet.

  • Cadeias de valor podem ser utilizadas para posicionar estrategicamente as aplicações que se apoiam em Internet de uma organização para ganhar ou manter uma vantagem competitiva.

Orientações para aprofundamento dos estudos - Leitura complementar

http://sites.google.com/site/patrickpsilva/fsi

http://pt.wikipedia.org/wiki/Norbert_Wiener

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_de_informa%C3%A7%C3%A3o

Questão demonstrativa:

1. Conceitue Sistema de Informação:

a) É todo e qualquer sistema que possui dados ou informações de entrada que tenham por fim gerar informações de saída para suprir determinadas necessidades.

b) Não dependem e não sofrem influência de fatores externos.

c) São conhecimentos totalmente dependentes de contextos e formas de interação sociais e facilmente codificáveis.

d) Os itens A, B e C estão corretos

e) NDA

A resposta "A" é correta.



Yüklə 117,65 Kb.

Dostları ilə paylaş:
  1   2   3   4   5   6   7




Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©muhaz.org 2020
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə